Dicas para manter a saúde óssea

As medidas para se manter uma boa saúde óssea devem começar ainda na infância, sendo fundamentais para aquisição adequada da massa óssea, que costuma atingir seu pico no final da adolescência e início da vida adulta. Também são extremamente importantes: diminuir a perda da massa óssea que ocorre com o avanço da idade e prevenir quedas.
Assim, algumas dicas para manter a saúde óssea são:

  1. Consuma alimentos ricos em cálcio, tais como leite e derivados;
  2. Tome um pouco de sol diariamente, pois a radiação UV promove a síntese da vitamina D na pele;
  3. Pratique exercícios físicos;
  4. Não fume;
  5. Evite o consumo excessivo de bebidas alcoólicas e de cafeína;
  6. Evite o consumo excessivo de sal;
  7. Mantenha uma nutrição adequada e o peso corporal normal.

A manutenção de uma boa saúde óssea visa, entre outras coisas, a prevenção de fraturas por fragilidade, que são aquelas que acontecem espontaneamente ou em decorrência de um traumatismo mínimo, o qual não seria suficiente para provocar uma fratura em condições de normalidade, como por exemplo uma pessoa que cai da própria altura. Os locais mais comumente afetados são a coluna vertebral e o colo de fêmur, entre outros.

Vale lembrar que a fratura de colo de fêmur é grave e pode comprometer bastante a qualidade de vida do indivíduo, sendo os casos muito valorizados na prática clínica. Por outro lado, os prejuízos causados por uma fratura de coluna costumam ser negligenciados, entre eles estão: perda de altura, maior risco de quedas, dores crônicas, comprometimento da capacidade pulmonar, distúrbios do sono, redução do apetite e aumento da dependência desses pacientes a terceiros. Tudo isso também interfere bastante na qualidade de vida dos acometidos.


Então, é fundamental o cuidado com a saúde óssea ao longo da vida e o mesmo deve ser intensificado com o passar dos anos, visto que a fragilidade óssea é maior nos idosos. Uma boa saúde óssea irá ajudar na manutenção da qualidade de vida e autonomia, principalmente nos indivíduos mais idosos.