Endocrinologista

O que faz uma endocrinologista?

Endocrinologia é a especialidade médica que estuda as glândulas de secreção endócrina, ou seja, as glândulas responsáveis pela produção dos hormônios. Então, na maioria das vezes, uma médica endocrinologista cuida da saúde dos pacientes que têm algum transtorno nas glândulas endócrinas, geralmente causando excesso ou falta de algum hormônio. Mas não é só de doenças que cuida uma endocrinologista, essa médica também está preocupada em ajudar seus pacientes na manutenção da boa saúde, fazendo uma avaliação clínica minuciosa, além da solicitação de exames de rotina e alguns exames preventivos.

Mais recentemente, está em evidência uma nova forma de abordagem médica baseada em evidências chamada medicina do estilo de vida, que tem tudo a ver com a área de atuação da endocrinologia. Essa abordagem tem como intuito prevenir, tratar e até mesmo reverter algumas doenças através de mudanças do estilo de vida, ou seja, substituindo padrões de comportamento não saudáveis por aqueles saudáveis, como por exemplo: boa alimentação, atividade física regular, controle de estresse, sono adequado, evitar abuso de álcool, cessar o uso de cigarros e drogas, cultivar relacionamentos saudáveis, entre outros.

Grande parte dos atendimentos em endocrinologia são decorrentes de doenças crônicas como obesidade, diabetes mellitus e dislipidemia (excesso de colesterol e triglicerídeos). Percebe-se que a medicina do estilo de vida vem auxiliar a endocrinologia no manejo desses pacientes.

Outras possíveis áreas de atuação da endocrinologia são os distúrbios das seguintes glândulas:
⠀⠀⠀

  • Tireoide;
    ⠀⠀⠀
  • Paratireoides;
    ⠀⠀⠀
  • Hipófise;
    ⠀⠀⠀
  • Adrenais;
    ⠀⠀⠀
  • Ovários;
    ⠀⠀⠀
  • Testículos.

Você tem alguma alteração nas glândulas endócrinas, hormônios ou gostaria de verificar a sua saúde? Então, não hesite em consultar uma endocrinologista.

Conhece alguma pessoa querida que poderia se beneficiar das informações acima? Aproveita e já envia pra ela esse texto para lembrá-la que você se preocupa com ela!

Posted by Dra. Mariana Reis Murin